Saltitando com as Palavras, como o próprio significado da palavra SALTITAR — divagar de um para outro assunto — foi idealizado para expressar e partilhar as pequenas coisas boas, e menos boas da vida, tais como: emoções, dificuldades, desafios, conquistas, alegrias, enfim, pulular este espaço com todo o tipo de informação para o bem-estar e lazer.

Banana — Yes, afina a cintura e emagrece!

A banana, fruta tão popular entre nós e proibida em muitas dietas devido à sua grande quantidade de hidratos de carbono — aproximadamente 23 g — está emagrecendo e secando a cintura de muita gente no Japão e nos Estados Unidos e, a cada dia, está atraindo mais adeptos para a chamada Dieta da Banana Matinal ou Morning Banana Diet.

Desenvolvida em 2008, no Japão, por Hitoshi Watanabe, especialista em medicina preventiva e sua esposa Sumiko Watanabe, farmacêutica, a Dieta da Banana Matinal tem crescido em popularidade por todo o mundo e, além de matar rapidamente a fome, a banana carrega enzimas capazes de acelerar a digestão, auxiliando na perda rápida de peso.

A fruta entra obrigatoriamente na primeira refeição do dia e muita gente que já aderiu à nova dieta da moda disse que conseguiu perder 5 kg, enquanto que outros afirmam terem conseguido perder 10 kg fazendo exercícios moderados com a nova dieta — Coma uma banana por dia e perca alguns quilos indesejados!

A perda rápida de peso resultante da Dieta da Banana Matinal está baseada em duas teorias:

A primeira está ligada ao consumo das bananas que facilitam a digestão, incentivam o metabolismo e contêm um amido resistente — um tipo de fibra — que além de assegurar a saciedade do apetite, tem a capacidade de bloquear a absorção de alguns hidratos de carbono e, a segunda teoria está associada ao consumo de água morna, cuja ingestão não só potencia o sistema digestivo e o funcionamento intestinal, como reduz a sensação de fome.

Muito embora, em excesso, a fruta pode pesar na balança, a dieta não impõe limites e os interessados em perder peso podem comer quantas unidades quiserem, mas sempre no café da manhã e sempre acompanhada de goles de água morna que é a única bebida que poderá ser consumida com as refeições e fora das mesmas. O resultado dessa mistura inusitada é um tipo de gel, que preenche o estômago e espanta a fome por um bom tempo.

No almoço é permitido comer aquilo que desejar, mas sem sobremesa, ficando essa reservada para um lanche da tarde, isto é, se sentir fome. No jantar também é permitido comer tudo o que desejar — exceto alimentos como laticínios, gelados, doces, álcool — sem sobremesa, porém esta deve ser a última refeição do dia e deve ser consumida antes das 20h00 e, durante toda a dieta, deve-se seguir o princípio japonês: só devemos comer até nos sentirmos 80% cheios!

Lucyanna Kalluf, nutricionista do Instituto Alpha de Saúde Integral, em São Paulo e autora do livro Fitoterapia Funcional, acrescenta outros dois poderes da fruta contra os quilinhos extras: estimula o funcionamento do intestino e combate a ansiedade e o mau humor. “É um alimento que combina doses importantes de vitamina B6 e triptofano – substâncias que, juntas, aumentam a produção de serotonina, o neurotransmissor do bem-estar” e, consequentemente, resiste-se melhor aos doces e, se você malha, mais um motivo para apostar na banana que rica em potássio, melhora o poder de contração dos músculos, aumentando sua performance e, de quebra, a queima de calorias.

Mas como nada é perfeito, a ideia original que permite comer “o que e o quanto quiser” no almoço e no jantar, pode resultar num exagero de calorias, anulando qualquer esforço para emagrecer, alerta Andréia Naves, diretora da VP Consultoria Nutricional, em São Paulo.

Por outro lado, os nutricionistas funcionais vão mais longe: recomendam a fruta verde. Mas, nesse caso, deve ser consumida na forma de purê (ou biomassa), quando ainda carrega o amido resistente e, como é difícil de ser digerido, faz com que os outros alimentos sejam absorvidos mais devagar, mantendo a fome sob controle.

Segundo estudo do Laboratório de Química, Bioquímica e Biologia Molecular da Faculdade de Ciências da USP, antes de amadurecer, a banana ainda tem efeito prebiótico. “O amido resistente chega intacto ao intestino. Ali, fermenta e produz substâncias que alimentam as bactérias do bem – aquelas que formam uma barreira contra as bactérias intrusas” – explica Ana Vládia Moreira, professora do Departamento de Nutrição da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Com isso, o intestino acumula menos toxinas e absorve melhor o trio antiobesidade – cálcio, magnésio e zinco – presente nos alimentos. “São minerais que regulam o sistema endócrino, mantendo o metabolismo em dia”, diz Lucyanna Kalluf. Conclusão: você emagrece mais fácil. Por isso, tem a opção de incluir a biomassa na dieta.

Além disso, as bananas são utilizadas para ajudar a evitar a oxidação das lipoproteínas de baixa densidade, impedindo assim as camadas perigosas que se formam nas artérias.

Na verdade, o acúmulo dessas camadas pode aumentar o risco para a aterosclerose, ou endurecimento das artérias, que pode causar a ocorrência de ataques cardíacos, insuficiência cardíaca ou pressão arterial elevada. Uma porção de alimentos ricos em potássio, como bananas, pode até diminuir o risco de doenças cardíacas em até 40%.

Estudos recentes afirmam que uma pessoa consome em média até 14 quilos de bananas por ano o qual contribui para fortalecer o corpo inteiro e é considerado um alimento que ajuda a prevenir um substancial número de doenças, confira abaixo!

→ Anemia
Por conter muito ferro, a banana estimula a produção de hemoglobina no sangue e ajudam em caso de anemia;

→ Azia
As bananas têm efeito antiácido natural. Se você sofre de azia, coma uma banana para aliviar.

→ Cansaço Matinal
Comer uma banana entre as refeições ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue elevados, combatendo o cansaço.

→ Capacidade Mental
Pesquisas mostram que frutas com elevado teor de potássio ajudam alunos a aprender e manter-se mais alerta nas aulas. Prova disso é que estudantes de uma escola americana tiveram a ajuda da banana, no café da manhã, no lanche e no almoço para elevar sua capacidade mental.

Cérebro
200 estudantes comeram uma banana ao pequeno almoço, ao almoço e ao lanche e provou-se que o potássio presente no fruto ajudou-os a melhorar a sua concentração.

→ Constipação Intestinal
Por causa dos seu elevado teor de fibras, ela é uma excelente parceira para normalizar as funções intestinais do organismo, sem que você precise recorrer aos laxantes.

→ Controle de temperatura
Muitas culturas vêm a banana como um fruto “calmante”' porque consegue baixar a temperatura, quer física quer emocional, nas mulheres grávidas. Na Tailândia, por exemplo, é hábito as mulheres grávidas comerem bananas para se assegurarem de que o seu filho nasce com a temperatura correta.

→ Cortes
De acordo com o “New England Journal of Medicine”, comer bananas regularmente pode reduzir o risco de morte por cortes até mais de 40%!

→ Depressão
De acordo com recente pesquisa realizada entre pessoas que sofrem de depressão muitas se sentiram melhor após uma dieta rica em bananas. Isto acontece porque a banana contém um tipo de proteína que o organismo converte em serotonina ,substância esta que ajuda a relaxar, melhora o humor, o que, geralmente, aumenta a sensação de bem-estar.

→ Dor de cabeça
Uma das maneiras mais rápidas de curar uma dor de cabeça é fazer um batido de banana com mel. A banana acalma o estômago e com a ajuda do mel aumenta os níveis de açúcar no sangue enquanto o leite acalma e hidrata todo o teu sistema.

→ Energia
Se você deseja uma solução rápida para os baixos níveis de energias do seu organismo, não há melhor lanche que a banana. Contendo três açucares naturais — sacarose, frutose e glicose — combinados com a fibra, ela lhe presenteia com uma rápida e substancial elevação da energia. Pesquisas científicas provam que apenas duas bananas por dia fornecem energia suficiente para noventa minutos de exercício.

→ Enjôo matinal
Comer uma banana entre as refeições ajuda a manter o nível de açúcar no sangue elevado, o que evita as náuseas.

→ Estresse
O potássio é um mineral vital no combate ao estresse. Ele ajuda a normalizar os batimentos cardíacos, levando oxigênio ao cérebro e regulando o equilíbrio da água no nosso corpo. Isso porque quando estamos estressados, nossa taxa metabólica se eleva, reduzindo os níveis de potássio no organismo, que podem ser re-equilibrados com a ajuda da banana.

→ Fumar
As bananas podem ajudar quem quer deixar de fumar. As vitaminas B6 e B12, o potássio e o magnésio que contêm, ajudam o corpo a recuperar dos efeitos da falta de nicotina.

→ Nervos
A fruta contém elevado teor de vitamina B, o que ajuda a acalmar o sistema nervoso. Pesquisas em 5.000 pacientes, chegaram à conclusão que os mais obesos são aqueles que têm trabalhos de muita pressão. O relatório concluiu que para combater isto, devemos controlar os nossos níveis de açúcar no sangue devendo consumir comida com muitos hidratos de carbono, como a banana.

→ Obstipação
Ricas em fibras, a inclusão de bananas nas dietas ajuda a normalizar o trânsito intestinal, permitindo extinguir os problemas sem o uso de laxantes.

→ Picadas de insectos
Ao ser picado por um insecto, experimente esfregar a zona afectada com a parte de dentro de uma casca de banana e se certificará que a irritação se acalma.

→ Pressão Arterial
Como a banana possui elevado teor de potássio, porém reduzida em sódio, tornou-se perfeita para combater a pressão arterial. A Food and Drug Administration, nos Estados Unidos até permitiu aos produtores de bananas usarem isso como publicidade.

→ Ressaca
Experimente beber vitamina de banana com leite e mel. Esta é uma das formas mais rápidas de curar a ressaca. A banana acalma o estomago e, com a ajuda do mel, eleva o baixo nível de açúcar, enquanto o leite suaviza e reidrata o sistema.

→ Stress
O potássio é um mineral vital que ajuda a normalizar o batimento cardíaco, que auxilia a ida do oxigénio para o cérebro e que regula a repartição de água pelo corpo. Quando estamos 'stressados' o nosso metabolismo altera-se reduzindo os níveis de potássio. Podemos ajustá-los com a ajuda deste fruto, rico em potássio.

→ TPM
Troque os remédios pela banana. Ela contém vitamina B6, que regula os níveis de glicose no sangue, responsáveis por afetar o humor das mulheres na época da menstruação.

→ Úlceras
Estudos recentes demonstram que as bananas também são muito úteis no tratamento das úlceras e, aparentemente, seus componentes agem como um antiácido natural.
Primeiro, elas estimulam a produção de muco protetor do estômago, o que ajuda a evitar que os ácidos prejudiciais alcancem as partes sensíveis do estômago, causando uma úlcera e ao que tudo indica, o inibidor da protease que pode ser encontrado em bananas, pode matar as bactérias nocivas que causam úlceras e, além disso, também neutraliza a acidez excessiva e reduz a irritabilidade criando uma camada nas paredes do estômago.

As bananas também contêm eletrólitos, que são essenciais para manter um bom nível de fluidos do corpo e evitar a desidratação. Por outro lado, 30% da necessidade diária de vitamina B6, que mantém o sistema nervoso em melhores condições para aumentar a imunidade, são prestados por uma única banana. Nestes frutos excepcionais, podemos encontrar o folato necessário para o bom crescimento dos tecidos, e para proteger contra alguns defeitos congênitos, doenças cardíacas e câncer.

Além disso, as bananas são utilizadas para ajudar a evitar a oxidação das lipoproteínas de baixa densidade, impedindo assim as camadas perigosas que se formam nas artérias. Na verdade, o acúmulo dessas camadas pode aumentar o risco para a aterosclerose, ou endurecimento das artérias, que pode causar a ocorrência de ataques cardíacos, insuficiência cardíaca ou pressão arterial elevada. Uma porção de alimentos ricos em potássio, como bananas, pode até diminuir o risco de doenças cardíacas em até 40%.

Considerada como um dos alimentos mais valiosos para quem quer seguir uma dieta mais do que saudável, a banana — nanica, prata, ouro, maçã, d’gua e a da terra — além de ser popular e nutritiva, está presente na cesta de frutas de quase todos os brasileiros e, pelo sim, pelo não, começar o dia comendo banana só pode fazer bem, pois além de ser considerada como um remédio natural que combate e cura uma infinidade de males do organismo humano, também é comparado à maçã – eleita como a fruta perfeita para o bem estar da nossa saúde – e tem quatro vezes mais proteínas, cinco vezes mais vitaminas A e ferro, duas vezes mais carboidratos, três vezes mais fósforo e duas vezes mais as outras vitaminas e, como se não bastasse, também é riquíssima em potássio e outros minerais.

Convém lembrar que apesar de conter todos esses nutrientes que só fazem bem a saúde, a banana também engorda, principalmente para quem tem tendência em adquirir uns quilinhos a mais, portanto, como tudo na vida, há necessidade de moderação — uma alimentação saudável e porções controladas — para alcançar sucesso ilimitado na longa caminhada da vida, seja em perder peso, como também, em manter uma vida saudável e feliz.




Vale a pena citar ainda, que a banana — assim como a batata e o mamão — é um dos frutos que mais absorve produtos tóxicos , portanto, antes de consumi-la verifique a procedência e o sistema utilizado no seu amadurecimento.

Banana — Yes, afina a cintura e emagrece!
Fonte: Pesquisa livre na internet
By Blog Saltitando com as Palavras
.