Feliz Ano Novo — Adeus Ano velho

Adeus Ano Velho, Feliz ano Novo é uma das frases mais repetidas no final de cada ano e dentro de uma semana estaremos iniciando o ano de 2012 — o tão esperado Ano Novo — um ano com uma página novinha, em branco, esperando pelo que cada um de nós vai decidir escrever nos próximos 366 dias.

Vontade, coragem, determinação para seguir adiante e vencer e, também, recomeçar a cada tropeço é o que todos temos em mente, porém, como seres humanos que somos, portanto, imperfeitos, nem sempre fazemos as melhores escolhas.

Certas ou erradas, elas são “tão somente nossas escolhas” e segundo Albert Einstein “Quem nunca errou nunca experimentou nada novo”, portanto, devemos ter em mente que só o fato de termos a oportunidade — e a vida é cheia delas — de tentar já é um privilégio para todos aqueles que, mesmo nos momentos difíceis, conseguem enxergar as coisas boas da vida e, a verdade, é que temos que ser fortes para fazer cada segundo de nossas vidas valerem a pena, não importando se são tristes ou alegres, pois são segundos que não voltarão jamais.

É melhor tentar e falhar, que preocupar-se e ver a vida passar.
É melhor tentar, ainda que em vão que sentar-se, fazendo nada até o final.
Eu prefiro na chuva caminhar, que em dias frios em casa me esconder.
Prefiro ser feliz embora louco, que em conformidade viver

— Martin Luther King

Desejamos a todos um Feliz Ano novo —
com um olhar novo — cheio de mudanças, paz, amor, saúde, e, é claro, um dinheirinho extra no bolso não vai fazer mal a ninguém. Só ajudará!


Ano Novo — Um texto para ler e refletir


O grande barato da vida é olhar pra trás e sentir orgulho da sua história.

O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o Aqui e Agora!

Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o bolo sola, o pneu fura, chove demais.

Mas... pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?

Às vezes se espera demais das pessoas... Normal!

A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou... Normal!

Todos nós devemos transformar tudo em uma boa experiência.

O nosso desejo não se realizou?

Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento!

Apesar que me lembro de uma frase que dizia:
Cuidado com seus desejos, eles podem se tornar realidade. Mas tudo bem.

Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso.

Acredito que ou nos conformamos com a falta de algumas coisas, ou nos esforçamos para realizar todas as nossas loucuras... se eu fosse você...ficaria com a última.

Mas seja forte o suficiente para enfrentar os obstáculos.

Paciente para saber esperar o resultado!

E capaz de reconhecer, no final de tudo, seu esforço e ver que ele não foi em vão.

No final de cada jornada (a vida é cheia delas) olhe pra trás e enxergue uma vida maravilhosa, cheia de alegrias, viagens, sorrisos, amores, paixões,beijos, abraços, amigos, realizações e conquistas.

Tenha inúmeros bons momentos dos quais relembrar; veja o pôr do sol e o seu nascer; tenha também momentos difíceis (eles nos ensinam a crescer).

Tenha noites de insônia, daquelas que acabam virando momentos refletores da nossa vida.

Tenha noites de poucas horas de sono, por causa daquela tão esperada balada.

Ao olhar pra trás veja que cometeu loucuras em certos momentos, mas que também agiu com consciência em outros.

A vida precisa de um pouco de equilíbrio.

Chore quando for preciso desabafar aquela agonia incontrolável.

Se sinta cansado, exausto de tanto pular, gritar, dançar e cantar...

E que no fim da noite você pense: VALEU A PENA
- Carlos Drumond de Andrade

Feliz Ano Novo — Adeus Ano velho
Baseado no texto Ano Novo de Carlos Drumond de Andrade

Saltitando com as Palavras

Tags: Ano, Novo, Velho, Adeus, Feliz, Saúde.

Leia também:
Bom Natal e Feliz Ano Novo!
Ano Novo – Fazer e Receber o Bem!