Invisível? Isolada? Não percebem que você existe? Descubra como ser notada !

Não há nada pior do que passar em branco pela vida. Entrar e sair de lugares, grupos, festas, empresas e depois de 5 minutos ninguém lembrar mais de você.

Parece que você nunca existiu, não faz falta para ninguém porque não deixou marcas nos relacionamentos que teve.

Ninguém percebeu o quanto você poderia ter sido amiga, conselheira, amante, companheira para bons papos, troca de informações e até de conhecimentos.
 
As pessoas passam por você pelos corredores e só percebem que você existe o suficiente para desviar e não esbarrar. Mal notam que você vestiu aquela roupa nova, que usou mais maquiagem, que caprichou no sorriso, ou até mesmo que hoje está péssima e precisa de um mínimo de atenção, nem que alguém só pergunte “tudo bem?”, mesmo que seja para você responder simplesmente “tudo”.

Mas pior do que ser “transparente” é ser notada de forma negativa. Se você apelar demais corre o risco de usar as estratégias erradas e ser lembrada apenas como a esquisita do lugar.
 
 Os pecados que quem “perde a mão”
 
•  Maquiagem ou roupas extravagantes que não tem nada a ver com sua personalidade.
Não que você não tenha o direito de ter um estilo diferente, mas se fizer algo extravagante,  sem que isso a deixe confortável,  o tiro sairá pela culatra.

•  Usar agressividade na voz ou nos atos.
Estar certa, ter seus direitos não significa que colocá-los de forma deselegante trará mais resultados. Você poderá ter a conclusão de todo mundo de que está certa, mas não terá a simpatia das pessoas.

Pense bem, uma coisa não exclui a outra, se por exemplo, você foi negligenciada na fila do banco, não a notaram e atenderam outra pessoa em sua frente.
 
Você tem todo direito de exigir a atenção que merece. E você a terá, mas pode ter uma atenção positiva ou negativa. Depende da forma como coloca e exige seus direitos.
 
•  Reclamar que tenta ser amigo de uma ou outra pessoa mas não correspondem.
Reclamar é apenas um desabafo e não um caminho para o sucesso de sua meta.

Pense bem, se alguém quer ser seu amigo mas por algum motivo você não está dando a atenção que ele pretende, você gostará mais dele se ele chegar para você e reclamar de sua falta de atenção?
 
Não, ele fará o papel de um “reclamão chato” e já que você nem estava muito a fim acabará descartando-o de vez.
 
•  Cobrar retorno tipo “mesma moeda” das pessoas a quem você fez algo bom.
Seria muito que se depois de uns dia você também recebesse um bombom da pessoa a quem você deu um bombom, mas nem sempre isso acontece. Você tem dois caminhos, ficar se lamentando ou partir para outra.
 
•  Desculpe por existir.
Este é o maior erro que você pode incorrer. Considerar que tudo é sua culpa. Achar que se você não é notada é porque você deve ser uma pessoa insignificante. Não, você apenas ainda não aprendeu a se colocar de forma afirmativa. Mas de toda forma vamos considerar que mesmo as pessoas mais maravilhosas nunca são unanimidades, sempre tem os que não se conectam.
 
•  Ser notada por amigos, colegas de trabalho ou por futuros namorados?
Saiba qual o seu objetivo com cada pessoa. É  muito diferente a forma como você deve se colocar diante de pessoas que lhe interessam como amigos, como colegas de trabalho ou para relacionamentos amorosos.

Um mal entendido neste sentido dificultará em muito a correção e fazer a pessoa entender que vocês podem ter um ótimo relacionamento, mas de outra forma.
 
Abaixo algumas dicas para ser notada positivamente
 
•  Use tom de voz adequado para cada ocasião.
Se estiver numa festa fale de forma mais leve, em volume que seja audível. Muitas conversas são encerradas simplesmente porque as pessoas não escutam as outras. Se estiver no corredor da empresa, use um tom mais intimo.
 
•  Expresse sentimentos.
Se encontrar um conhecido na rua expresse alegria ao vê-lo. Perceba que se fizer cara de indiferença estará fechando um contrato para este tipo de relacionamento com esta pessoa.

Se tiver chateada com alguém, diga de forma elegante e afirmativa de modo a demonstrar que você quer um relacionamento bacana com ela e não quer que pequenos entraves atrapalhem.
 
•  Tenha iniciativa.
Lembre-se que a maioria das pessoas são introvertidas. Mesmo aqueles que parecem ser totalmente espontâneos fazem uma certa força para não se intimidarem diante das pessoas.

Nenhum relacionamento acontece sem o esforço de uma ou ambas as partes, seja você a pessoa que sentirá orgulho de si mesma por ser proativo.
 
•  Olhe de frente.
Evitar o olhar demonstra que você evita a outra pessoa. Muitos fazem isso sem perceber, por pura timidez e não percebem que passam a imagem errônea que distancia.
 
•  Elogie.
Seja sincera, só diga o que realmente pensa, mas não deixe de expressar admiração por quem merece. Seja criativa em perceber nuanças que toda pessoa gostaria que notassem. Isso a ajudará a conhecer a si mesmo e perceber no outro o que seria agradável que percebessem em você.
 
•  Tenha assuntos “na manga”...
Prepare algo para ser dito as pessoas quando as encontrar. Muitas vezes travamos e ficamos cm cara de “ah é” e só depois que viramos as costas é que lembramos de toda conversa que poderia ser compartilhada.
 
•  Use termos positivos para se referir a você mesmo.
Pare com essa coisa de menosprezar a si mesmo para conseguir simpatia das pessoas. Cada vez que você tenta convencer alguém de que é incompetente, inadequada, feia ou burra, você consegue.
 
•  Seja presente.
Quem não é visto não é lembrado. Se nunca aceita um convite para ir ao barzinho depois do trabalho,  se nunca pode acompanhar alguém até o carro dela, se não aparece com um cafezinho surpresa para alguém que você sabe que adoraria, se não entra no amigo secreto, você será esquecida.
 
•  Não pense demais.
Questione todas as bobagens que lhe passam pela cabeça, não deixe que estes pensamentos fiquem tempo demais ruminando e criando “famílias” dentro de sua cabeça. 
 
Por exemplo, se você passar por alguém que não respondeu seu cumprimento, considere que ele pode estar com um grande problema naquele dia, pode não ter te visto, mas se a pior das hipóteses for verdadeira, ou seja, esta pessoa não está a fim de falar com você — pare de ruminar e bola pra frente.
 
As dicas deste item se referem aos passos básicos da terapia cognitiva, que o ajuda a reestruturar seus pensamentos de forma clara e tranquila.
 
• Verifique se algum grau de fobia social a está isolando do mundo.
Se você sentir muita dificuldade em aplicar os passos acima é possível que esteja com algum grau de fobia social e, se esse é o caso, caberá tão somente a você tomar a iniciativa de procurar ajuda de um professional para aprender novamente a interagir com as pessoas e nunca mais se sentir isolada e esquecida pelo mundo.
 
Invisível? Isolada? Não percebem que você existe?
Descubra como ser notada!
Fonte: Clinica de Psicologia
Blog Saltitando com as Palavras
 
Tags:

Este artigo é informativo e não substitui a terapia ou psicoterapia
oferecida por um psicólogo
.